21 julho 2007

1. Texto a varejo


Cada aluno recebe uma folha em branco que é passada para outro e outro, cada um escreve o que bem quiser numa linha, mais ou menos.

O importante é que, quando um escreve, o seguinte não veja, assim como o anterior. Para isso, cada um escreve e dobra imediatamente o papel de cima para baixo, sendo que a folha vai se enrolando e escondendo as frases.

O acaso das frases soltas, o contraste da junção de uma com outra, o traço lúdico do texto no conjunto criam um clima (tom) sugestivo lembrando a linguagem poética.

Uma atividade divertida onde a poesia “surge”como uma criação coletiva.

Nenhum comentário: