30 setembro 2007

Qual seu número?

Objetivo Geral:

· Compreender que os números e consequentemente a Matemática estão presentes em nossas vidas de forma tão constante que algumas vezes nem percebemos.

Objetivos Específicos:

1. Listar números que fazem parte do nosso dia-a-dia.

2. Relacionar as utilizações dos números no nosso cotidiano.

3. Identificar os algarismos 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 0.

4. Compreender o sistema de numeração decimal como agrupamentos de dez.

5. Identificar uma dezena como agrupamento de dez unidades.

6. Perceber a importância dos números.

7. Efetuar as operações matemáticas como parte do jogo do Bingo.

8. Elaborar e registrar as continhas e/ou as situações-problemas coerentes com os resultados/ números escolhidos.

Atividades:

1) Trabalhando a oralidade:

a) Diga alguns números que fazem parte da nossa vida:

· Números de calçados.

· Números de roupas.

· Números de telefones/celulares.

· Números das casas.

· Datas de aniversários.

· Agenda do dia.

· Calendário, etc.

b) Para que serve os números dos calçados?

· Cada número corresponde a um tamanho de pé. São medidas convencionadas e que facilitam a vida das pessoas.

c) Explicar a importância dos dez algarismos. Com eles podemos escrever qualquer número.

d) Explorar a idéia de que o sistema decimal é decorrente da base dez.

2) Bingo das operações matemáticas:

a) Cada jogador recebe uma cartela.

b) A pessoa que sortear as fichas vai falar alto a continha, exemplo: dois mais dois.

c) Os jogadores têm que procurar na sua cartela a resposta desta equação, exemplo: quatro.

d) Quando um jogador consegue marcar uma fileira de cinco, vertical ou horizontal, ele grita bingo!

e) A resposta de cada equação está escrita no canto direito de cada ficha. É importante que os jogadores não gritem a resposta, pois parte da brincadeira está em acertar a equação.

f) A brincadeira poderá ser feita individualmente ou em duplas.

3) Registrando...

a) Cada aluno escolhe três números da cartela utilizada no jogo para elaborar continhas/ operações cujos números sejam os resultados.

4) Observações:

a) Durante o jogo, dependendo do nível da turma, substituir as operações das fichas por outras com mais ou menos dificuldades, exemplo: dois mais dois troca-se por doze dividido por três, ou duas vezes dois.

b) No momento do “Registrando...” também dependendo do desempenho dos alunos, pedir para elaborar uma situação-problema, ao invés da continha.

c) Auxiliar no momento de armar as continhas com o uso do QVL (quadro valor lugar).

Nenhum comentário: