16 agosto 2009

Ana Maria Machado

Durante o mês de agosto postarei algumas informações sobre a vida e a obra desta maravilhosa autora.





Vamos incentivar a leitura!

Viva o Presente!!!



Vamos incentivar a leitura!

Finalmente retornamos às aulas!

Depois de duas semanas, estamos retornando do longo e incômodo recesso.
A Gripe A (H1N1) continua, então todo cuidado ainda é pouco.

Hábitos de higiene regulares, como lavar as mãos, é uma das formas de prevenir a transmissão da doença.
Usar lenços descartáveis ao tossir ou espirrar, evitar aglomerações e ambientes fechados e ter hábitos saudáveis como hidratação corporal, alimentação equilibrada e atividade física.



Vamos incentivar a leitura!

Gripe A (H1N1) - Gripe suina








Tudo é motivo para uma boa piada.

Vamos incentivar a leitura!

13 agosto 2009

Planejando..

Ando a planejar
Porque tentei à beça.
Busco mais juízo
porque improvisei demais.
Hoje me sinto com sorte,
aprendiz que sabe.
Só levo a certeza
de que eu pouco planejei,
e eu já mudei.

Projetar os passos,
o amanhã.
Construir a escola
que é cidadã.
É preciso chão
pra poder sonhar.
É preciso mãos
pra poder unir.
É preciso luta
pra conseguir.

Penso que mudar a escola
é semear sementes,
encontrar pessoas
convivendo sempre.

Como o mestre Paulo Freire,
educando a cidade,
eu vou com autonomia.
E, com liberdade, eu vou,
cidade eu sou.

Projetar os passos,
o amanhã.
Construir a escola
que é cidadã.
É preciso chão
pra poder sonhar.
É preciso mãos
pra poder unir.
É preciso luta
pra conseguir.


Música original: Tocando em Frente, de Almir Sater e Renato Teixeira – Ed. Arzé Caipirarte / Ed. Peer Music.
Fonte: PADILHA, Paulo Roberto. Educar em Todos os Cantos: Reflexões e Canções por uma Educação Intertranscultural. São Paulo: Cortez, 2007



Vamos incentivar a leitura!

A Leitura na Educação Infantil

A leitura deve ser incentivada desde cedo. Tanto na escola como em casa.


Segue algumas sugestões de atividades de leitura em sala de aula.

  1. Leitura compartilhada

É muito importante ler em voz alta para os alunos, para habituá-los a ouvir a linguagem escrita. A criança que ainda não sabe ler convencionalmente pode fazê-lo por meio da escuta da leitura do professor, compartilhando com ele do ato de ler. Ouvir um texto já é uma forma de leitura.

O aluno deve ouvir uma história todos os dias, desde o primeiro dia de aula, até que o hábito de ler esteja efetivado, por volta do final do primeiro ciclo do Ensino Fundamental. A leitura compartilhada de histórias é uma rica fonte de aprendizagem de novas palavras, por isso o professor deve considerar a qualidade dos textos a serem apresentados em classe.

  1. Leitura livre

Organizar momentos de leitura livre, nos quais as crianças possam escolher o livro ou a revista em quadrinhos que querem ler. O professor também deve escolher algo para ler. Para as crianças, é fundamental ter o professor como um bom modelo de leitor. O professor que lê histórias, que tem boa relação com a leitura, que gosta verdadeiramente de ler, tem um papel importantíssimo na formação do hábito de ler em seus alunos.

  1. História com interferência

Muitas vezes, a leitura do professor tem a participação dos alunos, repetindo alguns elementos da história, facilmente memorizados por todos: um estribilho, um diálogo, alguma frase ou algum som onomatopaico que, a um momento previamente combinado, interferem na narração da história, enriquecendo-a consideravelmente. Trabalha, ainda, a atenção auditiva e a capacidade de concentração da criança.

  1. Recontar histórias

É uma atividade riquíssima e auxilia a criança na apropriação do idioma no padrão culto. O professor lê a história, as crianças a escutam, observam as gravuras e são preparadas para recontar a história. Necessita-se, para esse trabalho, de pouca mediação do professor; basta reconstituir o texto original, podendo também contar com a colaboração dos colegas. É uma atividade que os alunos podem realizar em pequenos grupos, em duplas ou mesmo individualmente, utilizando fantoches ou não.

  1. Práticas ou treinos de leitura

A prática ou o treino de leitura, diariamente, é de grande importância para as crianças, não sendo necessárias atividades escritas subseqüentes. Essas atividades devem acontecer com sentido para os alunos. O professor seleciona e organiza um rol de textos interessantes, para que o aluno possa fazer suas escolhas. No treino, a criança prepara uma pequena leitura individualmente — pode ser feita em casa. No dia seguinte, na classe, os alunos, organizados em duplas, “trocam leituras”, cada um lendo seu texto para o colega. O professor pode sortear duas ou três crianças, dentre as interessadas, para fazer a sua leitura à frente da classe.


fonte: www.construirnoticias.com.br



Vamos incentivar a leitura!

04 agosto 2009

Gripe A (H1N1)

Perguntas e respostas esclarecedoras.

1.- Quanto tempo dura vivo o vírus suíno numa maçaneta ou superfície lisa?

Até 10 horas.

2. - Quão útil é o álcool em gel para limpar-se as mãos?

Torna o vírus inativo e o mata.

3.- Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus?

A via aérea não é a mais efetiva para a transmissão do vírus, o fator mais importante para que se instale o vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos) o vírus não voa e não alcança mais de um metro de distancia.

4.- É fácil contagiar-se em aviões?

Não, é um meio pouco propício para ser contagiado.

5.- Como posso evitar contagiar-me?

Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não estar com gente doente. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.

6.- Qual é o período de incubação do vírus?

Em média de 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase imediatamente.

7.- Quando se deve começar a tomar o remédio?

Dentro das 72 horas os prognósticos são muito bons, a melhora é de 100%

8.- De que forma o vírus entra no corpo?

Por contato ao dar a mão ou beijar-se no rosto e pelo nariz, boca e olhos.

9.- O vírus é mortal?

Não, o que ocasiona a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é a pneumonia.

10.- Que riscos têm os familiares de pessoas que faleceram?

Podem ser portadores e formar uma rede de transmissão.

11.- A água de tanques ou caixas de água transmite o vírus?

Não porque contém químicos e está clorada

12.- O que faz o vírus quando provoca a morte?

Uma série de reações como deficiência respiratória, a pneumonia severa é o que ocasiona a morte.

13.- Quando se inicia o contagio, antes dos sintomas ou até que se apresentem?

Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas..

14.- Qual é a probabilidade de recair com a mesma doença?

De 0%, porque fica-se imune ao vírus suíno..

15.- Onde encontra-se o vírus no ambiente?

Quando uma pessoa portadora espirra ou tosse, o virus pode ficar nas superfícies lisas como maçanetas, dinheiro, papel, documentos, sempre que houver umidade. Já que não será esterilizado o ambiente se recomenda extremar a higiene das mãos.

17.- O vírus ataca mais às pessoas asmáticas?

Sim, são pacientes mais suscetíveis, mas ao tratar-se de um novo germe todos somos igualmente suscetíveis.

18.- Qual é a população que mais está sendo atacada por este vírus?

De 20 a 50 anos de idade.

19.- É útil a máscara para cobrir a boca?

Existem algumas de maior qualidade que outras, mas se você não está doente é pior, porque os vírus pelo seu tamanho o atravessam como se este não existisse e ao usar a máscara, cria-se na zona entre o nariz e a boca um microclima úmido próprio ao desenvolvimento viral: mas se você já está infectado use-a para não infectar aos demais, apesar de que é relativamente eficaz.

20.- Posso fazer exercício ao ar livre?

Sim, o vírus não anda no ar nem tem asas.

21.- Serve para algo tomar Vitamina C?

Não serve para nada para prevenir o contagio deste vírus, mas ajuda a resistir seu ataque.

22.- Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?

A salvo não esta ninguém, o que ajuda é a higiene dentro de lar, escritórios, utensílios e não ir a lugares públicos.

23.- O virus se move?

Não, o vírus não tem nem patas nem asas, a pessoa é quem o coloca dentro do organismo.

24.- Os mascotes se contagiam com o vírus?

Este vírus não, provavelmente contagiem outro tipo de vírus.

25.- Se vou ao velório de alguém que morreu desse vírus posso me contagiar?

Não.

26.- Qual é o risco das mulheres grávidas com este vírus?

As mulheres grávidas têm o mesmo risco mas por dois, podem tomar os antivirais mas em caso de contagio e com estrito controle médico.

27.- O feto pode ter lesões se uma mulher grávida se contagia com este vírus?

Não sabemos que estragos possa fazer no processo, já que é um vírus novo.

28.-Posso tomar acido acetilsalicílico (aspirina)?

Não é recomendável, pode ocasionar outras doenças, a menos que você tenha prescrição por problemas coronários, nesse caso siga tomado.

29.- Serve para algo tomar antivirales antes dos síntomas?

Não serve para nada.

30.- As pessoas com AIDS, diabetes, câncer, etc., podem ter maiores complicações que uma pessoa sadia se contagiam com o vírus?

SIM.

31.- Uma gripe convencional forte pode se converter em influenza?

NAO.

32.- O que mata o vírus?

O sol, mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão, os antivirais, álcool em gel.

33.-O que fazem nos hospitais para evitar contágios a outros doentes que não têm o vírus?

O isolamento.

34.- O álcool em gel é efetivo?

SIM, muito efetivo.

35.- Se estou vacinado contra a influenza estacional sou inócuo a este vírus?

Não serve para nada, ainda não existe vacina para este vírus.

36.- Este vírus está sob controle?

Não totalmente, mas estão tomando medidas agressivas de contenção.

37.- O que significa passar de alerta 4 a alerta 5?

A fase 4 não faz as coisas diferentes da fase 5, significa que o vírus se propagou de Pessoa a Pessoa em mais de 2 países; e fase 6 é que se propagou em mais de 3 países.

38.- Aquele que se infectou deste vírus e se curou, fica imune?

SIM.

39.- As crianças com tosse e gripe têm influenza?

É pouco provável, pois as crianças são pouco afetadas.

40.- Medidas que as pessoas que trabalham devam tomar?

Lavar-se as mãos muitas vezes ao dia.

41.- Posso me contagiar ao ar livre?

Se há pessoas infectadas e que tussam e/ou espirrem perto pode acontecer, mas a via aérea é um meio de pouco contágio.

42.- Pode-se comer carne de porco?

SIM pode e não há nenhum risco de contágio.

43.- Qual é o fator determinante para saber que o vírus já está controlado?

Ainda que se controle a epidemia agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode voltar e ainda não haverá uma vacina.


Vamos incentivar a leitura!